Quem eu sou?

Mulher  de nascimento  não por imposição social, biologicamente feminina jamais ideologicamente feminista. Pedagoga por conta da paixão pelo conhecimento na área sócio-humana. Toy designer pelo prazer de criar e exercitar a criatividade, (conheça mperficaeu job com a Maenga Toys). Cristã de fé reformada que tem na Escritura a base da cosmovisão. Conservadora consciente e realista, que odeia fundamentalismo político. Leitora curiosa que compra livros compulsoriamente porque gosta do cheiro, da capa, e de folhear folha por folha. Pensadora que defende os princípios morais e éticos baseados no cristianismo como base necessária para sobrevivência em sociedade. Admiro as cores tanto quanto gosto do preto e branco; toda essa combinação resume bem o que sou.

Imutável estranha com migalhas da efêmera normalidade enfadonha. Uma sorumbática. Sado filosófica. Blogueira, Vlogueira um tanto preguiçosa, mas, com análises minuciosas.

Em 2020 eu fundei o primeiro Grupo de Estudos (GPE) no Brasil com uma abordagem “antifeminismo”. Totalmente online a proposta funciona com novas turmas a cada semestre. O foco é especificamente abordar o antagonismo entre cristianismo e feminismo – lancei a marca Não Existe Feminista Cristã e hoje atuo como a principal referência no tema no país. Após 10 anos de pesquisa desenvolvi uma Linha de Estudos me tornando a primeira mulher na América Latina a criar um método de estudos para analisar as contradições da ideologia feminista com a fé cristã. Na última década atuei como consultora especialista no assunto para trabalhos e pesquisas acadêmicas na área de jornalismo e comunicação.

Em 2021 fui convidada pela Deputada Estadual do Estado de Santa Catarina Ana Campagnolo, autora do livro Feminismo – perversão e subversão, para compor o time de co-autores do seu novo livro: Guia de Bolso Contra as Mentiras Feministas. O livro tem um impacto cultural significativo para nossa geração e consequentemente para as próximas. Tive a honra de participar como palestrante do lançamento oficial na ALESC e também do lançamento no Estado de São Paulo na ALESP à convite da Deputada. Esses eventos promovidos dentro do espaço público representam um marco no nosso país. Esse foi sem dúvidas mais um passo importante na quebra da hegemonia feminista no debate público.

“Que Deus nos dê coragem para aceitar as coisas que não podemos mudar; coragem para mudar o que podemos e sabedoria para distinguir uma coisa da outra.”

Política de Privacidade — As informações pessoais recolhidas podem incluir nome, e-mail, telefone, endereço, data de nascimento e/ou outros. O uso de nossos sistemas pressupõe a aceitação deste Acordo de Privacidade. Reservamos o direito de alterar este acordo sem aviso prévio, por isso recomendamos que você verifique nossa política de privacidade regularmente para manter-se atualizado(a). Sites de Clientes — Possuímos ligação direta com os sites de nossos clientes, os quais podem conter informações/ferramentas úteis para seus visitantes. Nossa política de privacidade não se aplica a sites de clientes, caso visite outro site a partir do nosso, deverá ler sua própria politica de privacidade. Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses sites. Para maiores informações, entre em contato conosco.